O SENTIDO DO NATAL E O SENTIDO DA VIDA

uma-estrela-no-oriente

Nem sempre as pessoas são simpáticas com a tradição, mas creio que com o natal isso seja um pouco diferente. Via de regra, as pessoas gostam do período do natal. A cidade se enche de luz, símbolos, vozes e canções. Um clima de confraternização se espalha e de generosidade é estimulada entre as empresas, escolas e famílias. Mesmo com tantos estímulos bons existem muitas pessoas com o enredo da vida equivocado. É possível que haja luz na cidade e trevas no coração; é possível que haja alimento em fartura e fome de sentido para a vida; é possível que haja boas maneiras e não haja bondade no coração; é possível que haja cantatas, mas não exista alegria de espírito. Para que a vida ganhe luz, cor e sabor é preciso um novo sentido para o natal e para a vida.

O natal que os cristãos celebram possui um significado antes de tudo evangélico. Lucas foi um dos escritores que historiou o registro dos fatos sobre o nascimento de Jesus. Ele escreveu para um recém convertido, chamado Teófilo, com o firme desejo de fortalecer a sua fé (Lc 1.1). No roteiro de Lucas, a boa nova da salvação de Deus se manifestou ao sacerdote Zacarias e sua esposa Isabel. O Senhor se revelou a um homem zelosamente cumpridor dos ritos religiosos que, ao mesmo tempo, tinha uma enorme dificuldade em acreditar nas promessas divinas (1.5-25). Em sua misericórdia Deus confrontou o coração do sacerdote e encheu de alegria o coração daquela que diziam ser estéril. (1.16).

Dias depois, o anjo de Deus levou a boa nova para uma menina pobre, que sonhava em casar. O mensageiro celestial falou para ela sobre a alegria e o favor imerecido de Deus. Maria recebeu a notícia que seria a mãe Jesus, o Filho de Deus. Diante de tamanha graça, esperança e poder ela se perturbou e se encurvou como uma serva (1.38). Maria também compôs um cântico de exaltação ao Senhor pelo nascimento do menino e pelas promessas de redenção e justiça (1.46-56). Por causa da maravilhosa graça de Deus, um religioso, com grandes dificuldades em crer, se tornou um profeta de idade avançada, um profeta que conhecia o caminho da paz (1.79). Lucas também registou que, a medida os fatos da graça de Deus eram proclamados, as pessoas eram convocadas a meditar sobre tudo que estava sendo dito (1.66).

Havia uma ambiência de espanto e admiração por causa da proclamação da graça de Deus. Em meio a esses eventos, o nascimento de Jesus foi celebrado com alegria e proclamado como uma boa nova de salvação. Pastores divulgaram essa boa e Maria guardava tudo no coração (2.18-19). Simeão tomou o menino nos braços e proclamou o juízo e a salvação de Deus através de Jesus (2.34). A profetiza Ana falava a respeito do menino a todos que esperavam a redenção de Jerusalém (2.38). Dessa forma foi que o Evangelho deu sentido, alegria e salvação para a vida de todas essas pessoas.

O que significa o Natal para os cristãos? De acordo com o roteiro do evangelista Lucas a boa nova do nascimento de Jesus Cristo é um anúncio da graça salvadora de Deus. Natal é a proclamação da misericórdia do alta faz do religioso incrédulo um homem capaz de profetizar a salvação de Deus; é a proclamação do poder divino que faz de uma estéril mãe de um profeta que converterá corações para Deus; é a proclamação da graça imerecida que comunica a alegria da salvação e convoca jovens para abraçar a vocação do serviço diante do Rei; é a proclamação de que a ruína e salvação depende de como as pessoas se relacionam com Jesus Cristo. Natal é guardar no coração o evangelho; é falar de Jesus para todos; é proclamar, cantar e explicar a mensagem que veio dos céus.

Teófilo foi fortalecido em sua fé ao receber por escrito o evangelho de Jesus Cristo. Da mesma forma, devemos receber a descrição do Evangelho sobre o nascimento do Filho de Deus com firme desejo de guardar tudo no coração. Que o Evangelho seja lido, explicado, cantado, e proclamado! Se o roteiro estiver certo não será apenas o sentido do natal que será descoberto, mas o próprio sentido da vida.

No amor de Cristo,
Pr. Francisco Macena da Costa
Cambeba, 23 de dezembro de 2016.
Fortaleza – CE.